Minimalismo para tirar a poeira

Pelas andanças da internet, caí no blog da Rita. Conta ela sobre o minimalismo, com muitas dicas e até um livro para download gratuito. Tem dicas mil para simplificar a vida. Mais do que minimalismo na decoração ou no vestuário, ser minimalista é quase uma filosofia de vida. É estabelecer prioridades, e viver com aquilo que se faz realmente necessário, abrir mão do que não é.

A Rita dá dicas para administrar o dinheiro, destralhar (adorei esse verbo!) a casa, o armário, até o tempo.

Coincidentemente, eu já vinha destralhando umas coisas, especialmente no armário. Já havia eu conversado com minha amiga J. que estava revendo os hábitos: cultivar rotinas simples, não deixar tarefas se acumularem, aproveitar melhor o tempo, acordar mais cedo, manter ordem na casa e na vida.

O minimalismo libera espaço na vida. Para respirar, para viver, para falar mais devagar, aproveitar melhor a conversa do café da manhã, o dinheiro economizado para algo que se goste, seja um presente, uma viagem, uma ajuda a quem precisa. É mais do que reduzir o ruído. É organizar para aproveitar melhor.

Então ando, aos poucos, destralhando mente, tempo, porão, casa. E para quem se interessa em simplificar a vida, vale a visita: The busy woman and the stripy cat

Anúncios