Dicionário: Klamotten

Klamotten são, a princípio, roupas. Pensava eu que Klamotten e Kleidung eram a mesma coisa. Pensava.

Dia desses fiz uma redação para o curso de alemão. O tema era descrever uma obra de arte. Escolhi O Beijo, de Gustav Klimt, minha pintura favorita.

Viram aí que o casal está vestido com trajes estilizados? Eu escrevi que eles estavam “mit Klamotten angezogen“.

A frase virou um dos temas da aula. “Klimt e O Beijo não combinam com Klamotten!”, exclamou a professora. Foi assim que entendi que Klamotten está em uma posição entre o trapo e a roupa. Adolescentes não compram nem roupas, nem trapos. Compram Klamotten. Pessoas finas e delicadas, românticas e belas representadas em obras de arte por Gustav Klimt trajam vestes, jamais vestem Klamotten! “Klamotten são jeans rasgados”, disse a professora.

Pessoas normais vestem “Kleidung“. Gente fina aparece em pinturas do Klimt “in Gewänder gekleidet” (será que acertei nessa preposição?), não em “Klamotten angezogen”. Adolescente besta também vai para a escola usando Gewänder (ou das Gewand, no singular) e passa o resto da vida sofrendo Bullying.

E, seguindo no tema “curso de alemão”, quase enlouqueci quando vi tudo que aprendi sobre verbos modais (Modalverben) virou do avesso. Sollen virou imperativo subentendido e müssen eu nem sei mais definir. Já o wollen eu nunca soube usar direito mesmo dentro desse contexto, sempre uso formas alternativas de composição frasal para fugir dele. Agora tive que encarar.

E, de quebra, ainda tem o tal do uso subjetivo de tais verbos. Nessa eu descobri que o Alemão tem quatro níveis de probabilidade, dentro dos quais ele encontra diferentes formas de expressão. A suposição, o 50% de certeza, aquela dúvida mais perto da certeza e a certeza absoluta. Chupa essa manga, vai!

Meu consolo foi conversar sobre o assunto com um colega do trabalho, alemão, e tentar – do verbo “frustrar-se” – tirar com ele algumas dúvidas. O mocinho fitou-me com olhar de “não sei do que você está falando” e fui eu tentar explicar a ele do que eu estava falando. Listei os seis verbos modais e só por este fato já fui considerada por ele uma expert em Alemão.

Se ele soubesse que eu escrevi que o Klimt vestiu seu casal mais famoso com Klamotten

Anúncios

10 pensamentos sobre “Dicionário: Klamotten

  1. P… Q… P… (pausado e bem maiúsculo, mesmo! rs)! Só falando assim! Eu aqui deixando meu couro cabeludo rarefeito com o curso A2 de alemão, no Brasil, e nem sabendo do que me espera quando chegar aí!!! hahahaha

  2. Jane, e eu pensando seriamente em fazer uma universidade em liguas na modalidade ingles-alemao estou ja pensando em passar para chines! Mas se pensarmos que o portugues tem as suas dificuldades e para ser bom de verdade tem que estudar e ler muito, ainda acho que vou tentar a faculdade de ingles-alemao.
    Bjos

  3. ah, mas todo mundo usa a palavra pra denominar roupas! em geral, sem uma conotação ruim! pode ser que a origem da palavra seja essa, mas quem hoje em dia ainda associa Klamotten a roupas despojadas? é que nem billig, günstig, preiswert =P hehe bjs!

    • Acho que é mais pela informalidade mesmo. Klamotten é informal demais para caber num texto sobre uma obra do Klimt. Eu so nao sabia disso, hehehe Etem mais: é uma palavra de origen jiidisch, da Idade Média, resquicio de uma lingua que nao existe mais, mas que ainda povoa o idioma alemao. 🙂 O Laranjas tambem é cultura!

  4. Que bom saber que nào estou sozinha… rsrsrs

    A do sollen como imperativo disfarçado já sabia. Mas, ó, essa das suposições é bem coisa de alemão. Tem que ser preciso até na hora de supor. hahahahahaha

    Bjs!

  5. ola! descobri seu blog agora, adorei! jah me matei de rir com o post sobre o plural de Bus. 🙂 eu moro aqui ha 8 anos, minha familia eh alema e estudei em escola alema no Brasil. toda essa introducao pra dizer que, apesar de o alemao sempre ter sido muito presente na minha vida e hoje em dia ser, sem sombra de duvida a minha primeira lingua, eu jah me conformei com a ideia que nunca mais dominarei uma lingua 100%. meu portugues jah foi pro brejo, as palavras me faltam a toda hora e eu tenho que pensar bastante antes de escrever algo (principalmente se for importante). o alemao, apesar da dominancia, tambem nao eh perfeito. artigos nao gostam de mim e eu nao gosto deles. tragico, mas verdadeiro e acho que eterno. meu ingles eh otimo, modestia a parte, mas nunca vai ser perfeito. FAZIT: nao esquentem muito! os alemaes tambem sabem o quao dificil a lingua eh! e ao tentar ensinar portugues ao meu namorado, me eh muito presente a dificuldade da nossa lingua tambem! Schönes Wochenende!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s