Salzburg I

Mal o Rafa chegou e, no dia seguinte, seguimos para Salzburg. O plano era descansar por quatro dias, namorar e comemorar nossas bodas de papel.

Eu já havia passado um dia lá com a minha amiga-irmã e feito um passeio, e já tinha me encantado com a cidade. Desta vez conseguimos ver algumas coisas com mais calma, entrar em museus e conhecer um pouco da gastronomia local. Salzburg é conhecida por ter a melhor gastronomia da Áustria, por ser a cidade de nascimento do Mozart, por ter sido cenário das peripécias da Família von Trapp (que existiu de verdade, e não só no filme Noviça Rebelde), pelo Rio Salzbach cortando aquele vale de tirar o fôlego ali no pé dos Alpes.

Logo ao chegar, deixamos as malas no hotel e fomos a pé até a “cidade antiga”. O caminho foi beirando o Rio Salzbach, que corta a cidade, em um passeio muito gostoso, passando ainda por dentro do jardim do Castelo Mirabel.

Fizemos um reconhecimento básico no centro histórico, identificamos locais com potencial para nossa alimentação, lojinhas, endereços de museus e cafés que uma conhecida havia recomendado. Passamos pela praça da Catedral, espiamos o interior dela da entrada mesmo. Não fui até lá dentro, acho que cansei um pouco de ver igrejas já faz tempo. Observamos a praça em frente, que tem uma fonte das mais bonitas que já vi.

Castelo Mirabel

Os passeios em geral não são baratos, mas recebemos uma dica imperdível do mocinho que nos recepcionou quando chegamos ao hotel: se chama Salzburg Card. Compramos um de 72 horas, mas há também os de 48 ou 24 horas. Com ele você anda de ônibus e faz praticamente todos os principais programas disponíveis na cidade, além de descontos e benefícios em outros tantos. Vale para museus, eventos, concertos, o zoológico e até alguns passeios ecológicos. Para se ter uma ideia, só de entradas nós economizamos cerca de 70% com esse cartão.

Dito isto, faço então um breve relato do que fizemos e de nossas impressões a respeito. E vale ressaltar que todos – eu disse todos – esses passeios foram feitos com o Salzburg Card.

Passeios

Subimos o Untersberg de bonde e fizemos caminhada por lá…

Untersberg

Na volta, visitamos o Hellbrunn, um castelo de um príncipe que gostava tanto, mas tanto de água, que inventou brinquedos, máquinas, surpresinhas de todo tipo movidos a energia hidráulica. A visita guiada é muito divertida, mas vá preparado: quem vai ao Castelo Hellbrunn é para se molhar. Literalmente.

O castelo tem ainda um parque lindo e agradável como geralmente são os parques de castelos, e um museu que não chegamos a visitar.

Hellbrunnschloß

Andamos de barco pelo rio Salzbach, um dos rios mais limpinhos e lindos que já vi. Parece até o Rio Isar, aqui pertinho.

Visitamos os dois museus do Mozart: a casa onde ele nasceu e a segunda casa onde ele viveu com a família antes de ir para Viena.

Visitamos ainda a Fortaleza medieval (o Burg) no alto de uma pequena montanha bem no centro histórico de Salzburg. A vista que se tem lá de cima – vide primeira foto deste post – é linda, e o museu também é bem interessante. Além disso, logo ao pé da montanha tem o cemitério (!) mais lindo que já vi.

O cemitério

Visitamos o Panorama Museu. É pequenininho, mas nos surpreendemos com o que vimos lá: uma exposição de pinturas de época do pintor Johan Michael Sattler, que viajou pelo mundo fazendo registros do que via. As pinturas que ele fez de Salzburg em 1829 são lindas, e foi muito interessante ver a cidade de antes depois de ter visto e aprendido a andar por ela em tempos modernos. Há ainda uma pintura panorâmica de vinte e seis metros de diâmetro e cinco metros de altura retratando a região. Passamos alguns bons minutos ali no meio dela observando.

O Panorama de Salzburg, de J. Sattler (clique aqui para ver ampliada)

Também fomos ao Museu de Arte Moderna do Mönchsberg (Museum der Moderne Mönchsberg). Não gostamos muito do acervo, mas a arquitetura é bem bacana, e a vista que se tem da cidade lá de cima é linda. Vale a pena subir e tomar um café com Apfelstrudel no restaurante de lá.

Na verdade, ficamos lá de cima esperando uma tempestade chegar que não chegou. Vimos a danada passar ao longe e foi só. Aliás, a previsão do tempo para os dias que passamos lá era de chuva e trovoada. E toda chuva e trovoada que vimos foi essa, passando no horizonte sem molhar Salzburg no nosso terceiro dia na cidade. No mais, só vimos sol!

Museum der Moderne Mönchsberg, ou a vista do café

Tomamos café com bolo no Tomaseli e fomos atendidos por um garçom tão simpático, mas tão simpático, que voltamos lá depois só por causa dele! Simpático e bonitão!

Comemos Mozart Kugeln originais no Fürst, o café da família detentora da receita. Mozart Kugeln (bolinhas do Mozart, em tradução livre literal)  são uma verdadeira perdição: trufas de chocolate com marzipan e pistache. A receita original é de um senhor confeiteiro que viveu há muitos e muitos anos atrás na cidade: o Herr Fürst. Lá pelo ano de mil oitocentos e lá vai fumaça ele inventou a guloseima. A família Fürst está no mesmo café até hoje e quem se encarrega de repetir a receita é o bisneto do Senhor Fürst. Mozart Kugeln se tornaram tão famosas, que há diversas versões delas industrializadas por essas terras germânicas, tanto austríacas quanto alemãs. Mas a original é imbatível! E toda vez que passávamos ali pela praça do Café Fürst, corríamos até a confeitaria por uma trufa.

Fora isso, paramos ali duas vezes para sentar e tomar alguma coisa. Na primeira ficamos em uma das mesinhas na praça, do lado de fora. Na segunda ficamos lá dentro, o ambiente é super aconchegante! E não é só a Mozart Kugel que é uma delícia, não! O sorvete caseiro deles é delicioso, bem como as tortas. É definitivamente o Café da Perdição!

Esta foto é do Lemonpage.de

Sobre as bodas de papel nós contamos em outro texto. Adianto apenas que foi ao som de Mozart e suas óperas românticas e leves!

Fotos: arquivo pessoal (exceto a última e a do Sattler)

Anúncios

5 pensamentos sobre “Salzburg I

  1. Seu post me deixou com uma vontade enorme de voltar correndo pra lá. 🙂
    Beijos e parabéns pelas bodas! Tenho certeza que tudo foi mais especial do que o que vcs sonharam e que a cada dia será melhor, melhor e melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s