Para crises de abstinência de coxinha

Mal cheguei a Munique e já descobri o reduto dos brasileiros na cidade. Não que exista apenas um, mas esse um que conheci já me basta. Porque quem mora fora sabe: é muito fácil encontrar lugares pseudobrasileiros cheios de clichês e estereótipos, mas um bom cantinho brasileiro… é mais difícil.

Estava passeando pela cidade quando minha amiga me apresentou o Copacabana. Diferente do Botequim Carioca, em Berlim, que é um bar-botequim-restaurante, o Copacabana tem hábitos mais diurnos. É uma mistura entre a lanchonete brasileira e a cafeteria europeia.

Lá pode-se pedir um socorro quando você tiver crises de abstinência de coxinha e empadinha, pão de queijo e açaí na tijela, além de sucos de frutas, saladas e sanduíches. Provei a coxinha e adorei! Bem recheada e sequina por fora. O pão de queijo também é bom.

E a decoração? Adorei! Coisa fina, as referências ao Brasil estão todas lá. Inclusive até os clichês, mas sem exageros e bem trabalhados. O ambiente é realmente aconchegante.

Então, para quem porventura ainda não conhece, o Copacabana fica na Sendlinger Str. 31 – 80331 München.

Anúncios

11 pensamentos sobre “Para crises de abstinência de coxinha

  1. Pronto. Não morre mais. rs
    A gente saiu ontem, com uma peruana por isso não ouvimos a sra Unbekannt chamar. Te ligo hoje à tarde, que agora a gente vai aproveitar o sol… Sol? Pois é. Mas está -5. Eu sou é cara de pau de sair numa temperatura dessa só por causa do sol. Fazer o que, né?
    até daqui a pouco.
    bjs!

  2. Ei Jane! Acabei de voltar do Brasil e vim correndo para o cantinho novo de voces, que por sinal ficou lindo. Ah, quando tiver crise de abstinencia de coxinha, me liga e corre pra cá. hehehehe
    Um grande beijo e os melhores desejos para a nova vida em Munique e para o novo blog.

  3. Aquele dia foi ótimo, mana!
    Temos que voltar lá de novo. Dessa vez pra comer acaí. A saudade do italiano ( ou joelho), já resolvi. Tem uma amiga minha que vai fazer pra mim essa semana 😉

  4. Amei o Copacabana! Que lindooooo.
    O restaurante brasileiro que tem aqui em Stavanger é uma cafonalha de dar dó. Uma mulatas pintadas nas parede, uma coisa bem vulgar. Participou de um programa tipo Hells kitchen mas, mesmo assim, continua decadente. segundo amigos.
    Aqui está precisando de uma legítima lanchonete brasileira. Sempre as mesmas coisas nos cafes daqui.
    Como diz Henning, norueguês é limitado na pølser(salsicha).

    • Nocole, barato não é. Mas é pagável. Pra ir de vez em quando. Levando-se em conta que essas coisas por aqui são “exóticas” e que eventualmente há dificuldades em se conseguir alguns ingredientes, acho os preços justos. Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s